resource mysql_connect([string $server [, string $username [, string $password [, bool $new_link [, int $client_flags]]]]] ) Conexão efetuada com sucesso. Evelin Duarte
Sábado, 29 de Abril de 2017
   :. HOME    :. EVELIN    :. TÉCNICAS    :. PUBLICAÇÕES    :. DICAS    :. FALE COMIGO    :. CURSOS    :. SHOPPING    :. RECEITAS    :. CLUBE


TÉCNICAS DE MICROONDAS
- 0 QUE SÃO MICROONDAS?
- SEGURANÇA DE UM FORNO MICROONDAS
- UTENSÍLIOS QUE PODEM SER USADOS NO MICROONDAS
- TÉCNICAS DE PREPARO
- TESTANDO O PONTO DE COZIMENTO
- REAQUECIMENTO
- CONVERSÃO DE RECEITAS
- DESCONGELAMENTO
- TABELA DE DESCONGELAMENTO
- BRANQUEAMENTO DE VEGETAIS
- COZIMENTO DE VEGETAIS
- TABELA DE COZIMENTO DE VEGETAIS (POTÊNCIA ALTA)
- COZIMENTO DE CARNES
- TABELA DE COZIMENTO DE CARNES
- COZIMENTO DE AVES
- TABELA DE COZIMENTO DE AVES
- COZIMENTO DE PEIXES E FRUTOS DO MAR
- TABELA DE COZIMENTO DE PEIXES E FRUTOS DO MAR
- COZIMENTO DE MASSAS E CEREAIS
- TABELA DE COZIMENTO DE MASSAS E CEREAIS
- FERMENTAÇÃO DE MASSAS
- TABELA DE AQUECIMENTO

 

0 QUE SÃO MICROONDAS?

Microondas são ondas eletromagnéticas de alta frequência, não ionizantes. Não são fonte de calor, mas de energia. São semelhantes as ondas de rádio e luz. No forno microondas a energia elétrica é convertida em microondas através de uma válvula chamada magnetron. As microondas podem reagir de três maneiras quando em contato com diferentes substâncias: são refletidas, transmitidas e absorvidas. São refletidas pelos metais, assim como a luz é refletida no espelho. Por isso, os utensílios de alumínio não devem ser utilizados. São transmitidas ou refratadas quando conseguem atravessar os materiais da mesma forma que a luz atravessa um vidro. São absorvidas pelos alimentos assim como um corpo escuro absorve a luz. Esta absorção causa o aquecimento. As microondas penetram cerca de 2,5 a 4,0 cm dentro do alimento; mais para o centro o calor é levado por condução. A energia da onda passa para as moléculas de alimento, fazendo-as vibrar; o atrito entre as moléculas gera calor e é este calor que faz os alimentos cozinharem. Este efeito de aquecimento pelo atrito é o mesmo que ocorre quando esfregamos uma mão contra a outra num dia frio para nos aquecermos.



SEGURANÇA DE UM FORNO MICROONDAS

As microondas não têm energia suficiente para alterar a estrutura molecuIar de células e tecidos. No entanto, se fosse possível as microondas escaparem do forno, elas poderiam provocar queimaduras da mesma forma que são capazes de cozinhar os alimentos. Por este motivo, os projetos de segurança dos microondas são altamente especializados. Os fornos são equipados com várias chaves de segurança que nos permitem usá-los sem nenhum risco. Porém, podemos tomar cuidados que evitam vazamentos:

a) nunca ligar o forno vazio;
b) nunca ligar o forno com objetos presos na porta;
c) observar sempre se a porta ou dobradiças apresentam alguma anormalidade;
d) manter sempre limpos o batente e a porta.



UTENSÍLIOS QUE PODEM SER USADOS NO MICROONDAS

a) vidros, cerâmicas e porcelana refratários: podem ser usados em cozimentos longos ou aquecimentos, desde que não possuam filetes ou desenhos metálicos.

b) porcelana ou louça comum: podem ser usadas para rápidos cozimentos ou para aquecimentos desde que não tenham acabamentos ou frisos metálicos.

c) plásticos e papel: use apenas plásticos rígidos, filme e sacos plásticos próprios para microondas, que não liberam toxinas quando aquecidos. Papel manteiga, papel toalha, guardanapos de papel, pratos de papelão, são práticos para cobrir ou reaquecer alimentos.

d) barro: recipientes de barro podem ser usados desde que não contenham resíduos ferrosos.

e) madeira, palha, vime: podem ser usados para aquecimentos rápidos.

Nota: Não utilize utensílios metálicos (inox, ágata, esmaltado, alumínio), arame plastificado, cerâmica não vitrificada, plásticos resistentes, cristais. 0 papel alumínio pode ser utilizado em pequenas quantidades para proteger porções delicadas do alimento.



TÉCNICAS DE PREPARO

As técnicas de cozimento no forno microondas são semelhantes as usadas no forno e fogão convencional. Devemos observar alguns fatores:

Furar: alimentos com membranas ou peles devem ser furados quando forem cozidos inteiros, possibilitando a saída do vapor, evitando o rompimento da membrana, que poderia estourar o alimento.

Mexer: os alimentos devem ser mexidos da borda para o centro sempre que necessário, para unificar o calor.

Virar: alguns alimentos necessitam ser virados durante o cozimento para assegurar uma distribuição de calor uniforme.

Proteção: proteja as partes dos alimentos que atraem mais energia, tais como as extremidades de uma carne assada, com tirinhas de papel alumínio.

Coloração: alguns molhos e temperos usados para dar maior coloração não afetam a qualidade do alimento, mas realçam sua cor e sabor. Use molho inglês, molho de soja (shoyo), páprica, sopa de cebola desidratada, grill, colorau etc...

Tamanho e Qualidade: pequenos pedaços cozinham mais rápido do que os grandes. A quantidade está diretamente ligada ao tempo de cozimento. Quantias maiores de alimento terão cozimento mais lento que as quantias menores.

Formato: formatos uniformes cozinham por igual no microondas. Para formatos irregulares, coloque sempre o lado mais fino voltado para o centro do recipiente.

Temperatura Inicial: alimentos congelados ou refrigerados levam mais tempo para cozinhar do que aqueles que se encontram na temperatura ambiente.

Gorduras e Ossos: alimentos gordurosos podem cozinhar mais rapidamente e passar do ponto. Os ossos conduzem o calor e também causam um cozimento mais rápido da carne onde estão perto.

Densidade e Porosidade: alimentos menos densos e porosos cozinham mais rapidamente do que os compactos.

Cobertura: para evitar que a umidade dos alimentos se evapore, utilize diferentes tipos de tampas: de vidro, pratos, papel impermeável, plásticos especiais, papel toalha e outros.

Formato do recipiente: as formas redondas são recomendadas para uso em geral, pois o alimento recebe energia de todos os lados.

Tempo de espera: é uma importante técnica no processo de cozimento. Os alimentos armazenam calor no seu interior e o cozimento continua mesmo após retirados do forno microondas. Cada alimento apresenta um determinado tempo de espera.



TESTANDO O PONTO DE COZIMENTO

Pata testar o ponto de cozimento de um prato que sai do forno de microondas, é preciso levar em conta o tempo de descanso indicado, pois ele faz parte do processo de cozimento. Muitas vezes os alimentos ainda mal cozidos ao saírem do forno estarão no ponto certo depois de descansar. Para evitar enganos, escolha sempre o menor tempo de cozimento e então veritique o ponto. É preferível cozinhar menos do que demais.

Testando Aves: A carne junto aos ossos deve estar macia e deve ter perdido a cor rosada. o suco desprendido deve ser claro.

Testando Carnes: deve-se testar a maciez com um garfo e observar se a coloração interna corresponde ao ponto desejado (ao ponto, mal passado, ou bem passado). 0 tempo de descanso é muito importante para peças de carne.

Testando Peixes: os peixes estarão cozidos quando a carne estiver soltando-se facilmente com um garfo e estiver totalmente opaca, perdendo a transparência.

Testando Bolos: os bolos estarão prontos quando o palito inserido no centro sair limpo e seco, ao mesmo tempo em que as bordas do bolo deverão estar desprendidas do recipiente.

Testando Pudins: estarão prontos quando um palito introduzido no centro e nas bordas da forma sair limpo. 0 centro parecerá mole, mas ficará firme depois do tempo de espera.

Termômetros e Sensores de temperatura: Para carnes em geral, muitos modelos de microondas atuais apresentam termômetros apropriados e sensores de temperatura. Estes acessórios indicam a temperatura interna do alimento, controlando-a, sem a necessidade de programar o tempo para cozinhar. A temperatura programada é indicada no visor no caso do auto sensor e no caso do termômetro especial é verificada no próprio.



REAQUECIMENTO

Alimentos reaquecidos no forno microondas tem a aparência e o sabor de alimentos recém-cozidos. Adapte a potência ao tipo de alimento. Todos os alimentos que devem permanecer úmidos devem ser cobertos e podem ser reaquecidos em potência alta ou média alta (vegetais, sopas, cozidos, molhos). Alimentos com textura crocantes não devem ser cobertos e podem ser reaquecidos na potência alta ou média. Pratos prontos que não podem ser mexidos, ou que contenham queijo, deverão ser reaquecidos em potência média.



CONVERSÃO DE RECEITAS

Várias receitas preparadas no forno ou fogão convencional podem ser adaptadas para cozimento no forno microondas com simples modificações ou reduzindo-se o tempo de preparo de 25% a 50% do tempo de cozimento no forno convencional. Quando a receita for dobrada, nao dobre o tempo, apenas aumente mais 50% e se necessário acrescente mais. Escolha em receituários de microondas a receita que mais se assemelha a que você irá preparar e adapte o tempo e a potência à sua receita. Reduza os líquidos quando preparar uma receita com ingredientes crus, pois haverá menos evaporação durante o cozimento. Tempere com menos sal e condimentos. Utilize o tamanho certo do recipiente para diferentes tipos de alimentos. Reduza também a quantia de óleo e gordura.



DESCONGELAMENTO

0 descongelamento de alimentos no microondas é um processo rápido e eficiente. Os alimentos podem sair congelados do freezer e serem colocados diretamente no forno. Para maior sucesso siga algumas recomendações:

- Pratos úmidos podem ser descongelados em potência alta.
- Pratos com textura crocante devem ser descongelados em potência média ou alta.
- Mexer os alimentos sempre que possível, removendo as porções já descongeladas e separando os pedaços para acelerar o descongelamento.


A maioria dos pratos prontos e peças grandes de carnes necessitam de intervalos (pausas) de descanso para evitar que a parte externa inicie o cozimento sem antes o interior estar descongelado.

0 alimento deve estar 70% descongelado ao sair do forno microondas, devendo ainda apresentar cristais de gelo no centro. 0 descongelamento deve se completar no tempo de descanso sugerido em torno de 10 minutos para a maioria dos alimentos.



TABELA DE DESCONGELAMENTO

OBS: UTILIZAR A POTÊNCIA DESCONGELAR (30%)

ALIMENTO TEMPO KG
VEGETAIS DIVERSOS 7 a 8 minutos para cada 500 gr.
POSTAS OU FILÉS DE PEIXE 5 a 6 minutos para cada 500 gr.
CAMARÃO 7 a 8 minutos para cada 500 gr.
MARISCOS 8 a 1 0 minutos para cada 500 gr.
CARNE MOÍDA 8 a 1 0 minutos para cada 500 gr.
CARNE PARA ASSADO 6 a 10 minutos para cada 500 gr.
BISTECAS OU COSTELAS 4 a 5 minutos para cada 500 gr.
PERU INTEIRO 6 a 7 minutos para cada 500 gr.
PATO 7 a 9 minutos para cada 500 gr.
FRANGO INTEIRO 6 a 7 minutos para cada 500 gr.
FRANGO EM PEDAÇOS 4 a 5 minutos para cada 500 gr.
PÃO INTEIRO 4 a 5 minutos 1 pao grande
PÃO INTEIRO 1 a 2 minutos 1 pao pequeno (francês)
BOLO 3 a 4 minutos para cada 500 gr.



BRANQUEAMENTO DE VEGETAIS

Os vegetais apresentam uma grande atividade enzimática acelerada principalmente depois da colheita, que podem provocar alterações no sabor, cor, textura e valor nutritivo, devido ao excesso de oxigênio nos tecidos. Para congelar vegetais e obter uma melhor qualidade e um maior tempo de estocagem, é importante fazer um branqueamento para interromper a ação das enzimas, diminuir o gosto cru e ácido, reduzir a carga microbiana e eliminar o oxigênio contido nos tecidos. Para branquear vegetais no microondas coloque-os cortados uniformemente num refratário com pouca água ou use sacos plásticos apropriados de polipropileno. Não branqueie mais de 1/2kg de cada vez. Cubra os recipientes refratários e nos sacos plásticos deixe uma saída para o excesso de vapor. Após o branqueamento, faça o choque térmico, imergindo a verdura em água gelada, para interromper o cozimento. Seque, embale, etiquete e congele. Os vegetais de modo geral, são branqueados na potência alta variando o tempo de 2 a 3 minutos de acordo com a sua textura, ser mais sensível ou mais rígida. No cozimento de vegetal branqueado o tempo deve ser reduzido em 50%, pois já sofreu um pré-cozimento e poderá apresentar-se excessivamente cozido num tempo normal de cozimento em microondas.



COZIMENTO DE VEGETAIS

Os vegetais cozidos no forno microondas ficam mais saborosos e com ótima textura. Praticamente não é necessário usar água para cozinhar os vegetais. Use cerca de 2 a 3 colheres (sopa) de água para cada 500 gramas de vegetais. Vegetais com alto conteúdo de água nao precisam de adição de água. Para que o cozimento seja uniforme corte os vegetais em pedaços regulares. Mexa os vegetais constantemente durante o cozimento. Fure a pele de vegetais inteiros como batatas, tomates, berinjelas, pimentões, para evitar que estourem com o vapor formado internamente. Os vegetais apresentam de modo geral um tempo de espera após o cozimento de 5 minutos.



TABELA DE COZIMENTO DE VEGETAIS (POTÊNCIA ALTA)

ALIMENTO TEMPO DE COZIMENTO
ABOBRINHA 7 a 8 minutos
ALCACHOFRAS (2 unidades)
                      (4 unidades)
6 a 8 minutos
12 a 14 minutos
             (2 inteiras)
BATATAS (4 inteiras)
           (fatiadas)
5 a 7 minutos
10 a 12 minutos
7 a 9 minutos
BERINJELA 7 a 9 minutos
BETERRABA 10 a 12 minutos
BRÓCOLIS 6 a 8 minutos
CENOURA 7 a 9 minutos
CHUCHU 7 a 9 minutos
COUVE 7 a 9 minutos
COUVE DE BRUCHELAS 6 a 8 minutos
COUVE FLOR 6 a 8 minutos
ESCALORA 6 a 7 minutos
ERVILHA 8 a 10 minutos
ESPINAFRE 6 a 7 minutos
           (em grãos)
MILHO (2 espigas)
           (4 espigas)
5 a 6 minutos
5 a 6 minutos
8 a 10 minutos
QUIABO 7 a 9 minutos
REPOLHO 8 a 10 minutos
SALSÃO (2 pés) 2 a 5 minutos
TOMATE 6 a 8 minutos



COZIMENTO DE CARNES

0 cozimento de carnes pode variar dependendo da espessura, volume e textura. Depende tambem da temperatura inicial, da gordura e do conteúdo de água contido no alimento. Para obter melhores resultados, selecione carnes com formato uniformes, mais compridas e finas. Prefira carnes que tenham a gordura distribuída homogeneamente. Proteja porções mais finas e áreas com ossos usando pequenos pedaços de papel alumínio. Vire o assado na metade do tempo. Carnes duras (músculos, alcatra, capa de filé etc...) devem ser cozidas tampadas, em líquido, em potências menores (media baixa e baixa). 0 tempo de espera é muito importante para finalizar o cozimento da carne. Pincele com molho de soja, molho inglês, pápricas, coloral etc. No tempo de espera a carne deve ser totalmente coberta com papel alumínio ou com a tampa do recipiente.



TABELA DE COZIMENTO DE CARNES

OBS: PARA 500 GRAMAS, TEMPO DE ESPERA DE 10 MINUTOS

CARNE TIPO POTÊNCIA TEMPO
BOVINA
mal passada
no ponto
bem passada
moída
carnes duras
média
média
média
alta
baixa
6 a 7 minutos
8 a 9 minutos
10 a 11 minutos
5 a 7 minutos
20 a 25 minutos
SUÍNA
lombo
bistecas
média
alta
15 a 20 minutos
9 a 11 minutos
CARNEIRO
bem passado
no ponto
sem osso
média
média
média
13 a 15 minutos
8 a 9 minutos
8 a 9 minutos
COELHO
inteiro
pedaços
média
média
9 a 13 minutos
9 a 13 minutos
FÍGADO no ponto média 8 minutos
espera de 5 minutos

 

CARNE UNIDADE POTÊNCIA TEMPO ESPERA
HAMBURGER
1
2
4
alta
alta
alta
1/2 a 1 min
1 1/2 a 2 min
4 a 5 min
2 min
2 min
2 min
LINGUIÇA
2
4
8
alta
alta
alta
2 a 3 min
4 a 5 min
6 a 8 min
3 min
3 min
3 min
SALSICHAS
2
4
6
alta
alta
alta
1 1/2 a 2 min
3 a 4 min
4 1/2 a 6 min
3 min
3 min
3 min
BACOM
2
4
8
alta
alta
alta
1 a 2 min
2 a 3 min
4 a 5 min
3 min
3 min
5 min



COZIMENTO DE AVES

As aves podem ser cozidas tanto inteiras como em pedaços. Coloque a ave limpa e seca num refratário grande. Tempere a seu gosto. Se desejar, recheie a ave e feche a cavidade com linha de algodão ou palitos de madeira. Besunte-a com molho de manteiga ou de soja para dar cor. Asse a ave com o peito virado para baixo durante a primeira metade do tempo de cozimento. Vire-a na segunda metade. Cubra a ave com papel manteiga para que não espirre gordura. Proteja as partes mais finas com tirinhas de papel alumínio. Para assar aves em pedaços, coloque as partes mais finas voltadas para o centro e as mais grossas para as bordas. De um tempo de descanso de 10 minutos após o cozimento das aves.



TABELA DE COZIMENTO DE AVES

AVES PARTES POTÊNCIA TEMPO
FRANGO
inteiro (até 1,5 kg)
inteiro (até 3 kg)
pedaços
alta
média
média
7 a 9 minutos
10 a 12 minutos
6 a 8 minutos
PERU
inteiro
peito
média
média
5 a 8 minutos
4 a 5 minutos
PATO
inteiro
pedaços
média
média
9 a 11 minutos
9 a 11 minutos
GANSO
inteiro
pedaços
média
média
7 a 9 minutos
7 a 9 minutos



COZIMENTO DE PEIXES E FRUTOS DO MAR

Os peixes inteiros, os filés de peixe, postas, camarões, mariscos e outros frutos do mar, ficam excelentes quando cozidos no forno de microondas. Use sempre peixes frescos ou congelados limpos e de ótima qualidade. Coloque as partes mais grossas para as bordas do recipiente e as mais finas para o centro. Cozinhe em recipientes cobertos ou tampados com papel manteiga. Rearrume ou mexa na metade do tempo. Após o cozimento, de um tempo de espera de 5 minutos. Pincele molho de soja nos peixes para obter uma melhor coloração ou prepare-os com molho ou vinho branco.



TABELA DE COZIMENTO DE PEIXES E FRUTOS DO MAR

OBS: PARA 500 GRAMAS

PEIXE TIPO POTÊNCIA TEMPO
PEIXE
filé
inteiros
alta
alta
4 a 6 minutos
4 a 6 minutos
CAMARÃO médios média 5 a 7 minutos
VIEIRA - alta 5 a 7 minutos
MARISCO - alta 5 a 7 minutos
LULA - alta 4 a 6 minutos



COZIMENTO DE MASSAS E CEREAIS

0 cozimento de massas e cereais no microondas assemelha-se ao cozimento no fogão convencional, pois nos dois casos é preciso haver uma hidratação. Por outro lado, o arroz cozido no microondas fica solto e não gruda no recipiente, além de poder ser servido no mesmo recipiente onde foi preparado. A massa também fica solta e não gruda no fundo. Quando cozinhar massas, leve primeiro a água para ferver. Coloque óleo e sal quando a água estiver em ebulição. Cozinhe massa fresca ou desidratada respeitando os tempos da tabela de cozimento. Dê um tempo de espera de 5 minutos com o recipiente tampado. No cozimento do arroz, a quantidade de água e o tempo de cozimento podem variar dependendo do tipo de arroz. Deixe descansar 10 minu tos, coberto, após sair do forno. Afofe com o garfo antes de servir.



TABELA DE COZIMENTO DE MASSAS E CEREAIS

OBS: PARA 500 GRAMAS

MASSA POTÊNCIA TEMPO
MACARRÃO DESIDRATADO alta 12 a 13 minutos
TALHARIM FRESCO alta 8 a 10 minutos
SPAGUETTI FRESCO alta 8 a 10 minutos
LASANHA FRESCA alta 8 a 10 minutos
LASANHA DESIDRATADA alta 13 a 15 minutos
ÁGUA PARA FERVER (5 copos) alta 10 minutos
Arroz

1/2 xícara + 1 xícara de água
1 xícara + 2 xícaras de água
2 xícaras + 4 xícaras da água

8 a 10 minutos
10 a 12 minutos
15 a 17 minutos
OBS: Para cada 100 gramas de macarrão, utiliza-se 1 copo.




FERMENTAÇÃO DE MASSAS

0 forno microondas é excelente na levedura de pães. Prepare a sua receita, amasse bem e coloque-a num refratário untado. Coloque 3 xícaras de água numa jarra e leve ao forno para ferver em potência alta. Coloque o recipiente com a massa ao lado do recipiente com água e ligue o forno na potência baixa. Uma quantidade de massa suficiente para 2 pães, leva cerca de 10 minutos para dobrar de volume. Abaixe a massa e molde os pães no formato desejado. Repita o procedimento acima. Leve os pães a assar num forno convencional.



TABELA DE AQUECIMENTO

ALIMENTO QUANTIDADE POTÊNCIA TEMPO
PRATO PRONTO 1 porção média 1 a 3 minutos
PÃES
1
2
média
média
30 segundos
1 minuto
LEITE
250 ml
500 ml
1 litro
média
média
média
2 a 3 minutos
3 a 4 minutos
6 a 7 minutos
ÁGUA
250 ml
500 ml
1 litro
alta
alta
alta
2 a 3 minutos
4 a 5 minutos
9 a 10 minutos
SALGADINHOS 1 dúzia alta 2 a 4 minutos